O surgimento de caspas é bastante comum entre as pessoas e acontece devido a diversos fatores externos relacionado aos cuidados com o couro cabeludo. 

A caspa pode ser um problema bem comum entre a população. Essa formação de flocos brancos e descamativos pode provocar diversos incômodos, principalmente quando o indivíduo está rodeado por outras pessoas em um local público. 

Normalmente, ela causa bastante coceira no couro cabeludo e afeta diretamente o bem-estar e a saúde de todos que apresentam a patologia. O uso do Boné, secador de cabelo e tratamentos químicos são alguns dos fatores que contribuem para o seu surgimento. 

Para as mulheres, por exemplo, essa condição se torna ainda pior quando se tem cabelos longos, pois as casquinhas ficam muito visíveis entre os fios. 

Mas, em primeiro lugar: 

Você já deve ter percebido que muitas pessoas falam diariamente sobre problemas de caspas no cabelo, mas não sabem o real motivo que desencadeou essa condição. 

É por isso, que neste artigo vamos levantar algumas questões para esclarecer todas as dúvidas sobre este assunto. 

Acompanhe! 

O que são as caspas? 

Elas são nada mais do que o nome popular que damos ao quadro da Dermatite Seborreica no Couro Cabeludo. Em termos técnicos, a patologia é uma inflamação acompanhada por descamação branca, que, por vezes, fica um pouco amarelada e pode causar muita coceira, manchas vermelhas, irritação e até mesmo feridas. 

Mas não se engane! A caspa é apenas a descamação que surge em pessoas que sofrem com essa doença capilar. 

De acordo com especialistas, esse problema pode surgir devido a inúmeros fatores, como por exemplo: 

  • A predisposição familiar;
  • Higienização incorreta
  • Aumento da produção de sebo através de fungos;
  • Estresse;
  • Lavagem com água quente;
  • Acúmulo de cremes e produtos no couro cabeludo;
  • Uso frequente de chapéus;
  • Oleosidade excessiva no couro cabeludo.

Outro ponto que gera bastante debate entre pacientes e Dermatologistas é: a caspa tem ou não cura? 

É muito importante esclarecer que por ser uma doença crônica, ela não tem cura. Contudo, a boa notícia é que existem diversos tratamentos com uso de dermocosméticos e acompanhamento profissional que ajudam a suavizar essa condição. Veja abaixo:

Cuidados diários

Embora não tenha cura, esse problema pode ser controlado com alguns cuidados diários bem simples, que podem ser iniciados após uma consulta médica com um Dermatologista de confiança, para que ele indique os produtos que devem ser utilizados na rotina de cada paciente.

Portanto, se você já esteve com um profissional e sabe o que deve fazer, veja algumas dicas abaixo de como melhorar os cuidados com os cabelos: 

1 – Use shampoo anticaspa

O produto é essencial durante o tratamento contra os flocos brancos, pois combate todos os sintomas. Ele deve ser aplicado apenas no couro cabeludo, com movimentos de massagem, deixando-o agir por alguns minutos. 

2 – Condicionador ou máscara capilar 

É importante utilizar esses produtos de maneira correta. Muitas vezes, quando os cremes mais densos são aplicados na raiz do cabelo, o couro cabeludo acumula todos os resíduos dos produtos, o que por sua vez, vai proporcionar o excesso de oleosidade na região. Portanto, esse processo deve ser feito apenas longe da raiz, principalmente nas pontas dos cabelos. 

3 – Tenha uma rotina de higiene de acordo com o seu tipo de cabelo 

Quando se tem fios oleosos, por exemplo, é necessário lavá-los todos os dias, pois o excesso de sebo no couro cabeludo pode acabar causando caspa. Já para quem tem a pele mais sensível nessa região e possui cabelos mais secos, pode alternar entre dia sim, outro não.

4 – Evite lavar os cabelos com água quente

Quando os fios são lavados com água na temperatura muito quente, a oleosidade do couro cabeludo pode aumentar e causar mais caspas e incômodos. Sendo assim, prefira retirar o produto dos cabelos com água fria ou morna. 

5 – Controle o estresse e ansiedade

Os momentos de estresse e ansiedade podem causar uma grande incidência de caspas. Justamente porque a pele têm uma relação muito direta com todo o sistema emocional e diversas doenças Dermatológicas estão relacionadas com essas alterações. Por isso, tente levar uma vida mais tranquila e evite, se possível, situações que possam provocar irritação ou nervosismo. 

Tratamentos

Por ser um quadro da Dermatite Seborreica, a caspa não é algo que vai melhorar por conta própria. É necessário cuidar primeiramente da doença capilar para amenizar o surgimento dos flocos brancos nos fios. 

Muitas vezes, os melhores resultados pode ser vistos com a combinação de tratamentos com medicamentos e os cuidados diários. Contudo, é necessário, procurar um Dermatologista para que ele indique o caminho correto para minimizar esse problema. 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), em alguns casos é necessário a realização de exames clínicos, para diagnosticar as causas e assim recomendar o tratamento adequado com o acompanhamento médico, que pode ser: 

  • Lavagem com mais frequência;
  • Interrupção do uso de sprays para o cabelo;
  • Pomadas para o cabelo;
  • O não uso de chapéus e bonés;
  • Utilização de shampoos anticaspas.

Em conclusão 

A caspa é um problema que incomoda muitas pessoas pelo mundo inteiro. Por ser um quadro de Dermatite Seborreica, é uma doença crônica, que em outras palavras significa que ela não tem cura. 

Contudo, homens e mulheres que sofrem com essa condição, seja por predisposição genética, higienização incorreta ou oleosidade no couro cabeludo, podem realizar tratamentos com o acompanhamento de um médico Dermatologista e ao longo do tempo, ter a diminuição desses flocos brancos nos cabelos. 

Portanto,

se você sofre com esse problema ou conhece alguém que precisa cuidar melhor da saúde capilar, fale com o nosso time comercial e agende uma consulta com o Dr. Walter Pinheiro. 

Deixe um comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/drwalter/public_html/wp-includes/functions.php on line 4556

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/drwalter/public_html/wp-content/plugins/really-simple-ssl/class-mixed-content-fixer.php on line 111