Indivíduos que conviveram com acne durante a adolescência e a vida adulta costumam sentir desconforto com as marcas deixadas pelas espinhas e cravos.

Mas esta frustração não precisa ser definitiva e ficar sempre como uma parte de sua vida. As manchas de espinhas podem ser retiradas em sessões de peelings químicos.

Dessa maneira, será possível ter uma vida próspera, sem inseguranças em relação a aparência e uma maior autoestima. Estes fatores são essenciais para uma existência plena.

Peelings químicos

Um dos procedimentos estéticos mais realizados na dermatologia, que consiste na aplicação de substâncias químicas sobre a pele, promovendo uma descamação controlada. A substância utilizada dependerá do tipo de pele e do objetivo do tratamento.

Os peelings químicos são um tipo de tratamento estético que é feito com a aplicação de ácidos na pele, com o objetivo de retirar as camadas danificadas e promover o crescimento de uma camada lisa, podendo ser feito para eliminar ou suavizar manchas e linhas de expressão.

Os tipos mais comuns de Peelings Químicos são:

Face antes e depois dos peelings químicos

Superficial

Remove a camada mais externa da pele, sendo ótimo para clarear manchas e retirar marcas de acne ou rugas superficiais.

É um tratamento leve e sua vantagem é a recuperação da pele, que não fica tão vermelha e sofre descamação suave por, no máximo, dois dias. É indicado para peles oleosas, aquelas com acne, manchas claras ou poros dilatados, deixando-as uniformes e luminosas. O tratamento pode ser repetido a cada 20 dias.

Médio

São utilizados ácidos que removem a camada externa e média da pele, sendo utilizado para tratar acne e rugas mais profundas.

É um tipo de peeling químico, considerado um pouco mais agressivo do que o superficial, pois atinge as camadas mais profundas da pele. Normalmente, são utilizadas substâncias como o TCA (Ácido Tricoloro Acético), ácido pirúvico e o ácido salicílico.

Profundo

Perfil de mulher com linda pele pós peeling de fenol

Também são utilizados ácidos ou aparelhos para esse procedimento, um dos recursos mais famosos é o peeling de fenol. Ele é complexo na preparação da pele pré-procedimento e no próprio procedimento, que requer muitas vezes sedação, já que é feita uma ferida até uma parte da derme.

Há um risco um pouco maior de infecção, complicações e dependendo da técnica, até mesmo a retirada do curativo exige maior experiência.

Esta modalidade do peeling remove as camadas de pele até ao nível interno, sendo recomendado para casos de pele danificada pelo sol e outras cicatrizes, como as de acne ou acidentes.

Peeling de fenol

Melhora a qualidade da pele, suaviza até linhas de expressão fortemente marcadas, elimina manchas e combate o melasma – além de não ser invasivo. Parece mágica, mas é apenas o peeling de fenol.

Apesar de não ser novo no mercado, o peeling de fenol ganhou fama há pouco tempo, quando caiu na graça dos famosos que decidiram apostar nele para rejuvenescer, sem precisar de uma recuperação longa ou muito restritiva, quando comparamos com procedimentos cirúrgicos, por exemplo.

Orientações

Rosto masculino sendo tocado por pessoa com luvas

Antes do tratamento, as orientações podem incluir o desuso de alguns medicamentos, bem como a preparação da pele com cremes específicos. O procedimento com os peelings químicos é realizado no consultório e tem duração aproximada de 30 minutos. A pele é limpa com um agente que remove os excessos de óleo e os olhos e cabelos são protegidos.

É essencial evitar, imediatamente após os peelings químicos, a exposição demasiada ao sol, já que a nova pele é frágil e muito mais suscetível a ser danificada com a luz solar.

Em conclusão

Os peelings químicos têm a missão de tirar as manchas de acne na face dos pacientes, bem como tratar algumas condições na pele. Essa forma de tratamento pode melhorar muitas vidas, pois lida diretamente com questões que envolvem autoestima e auto confiança dos pacientes.

Dr Walter Pinheiro tem o título de especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; Além disso, é membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Também é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. E possui capacitação em Cosmiatria (cosmética médica). É um profissional muito experiente em tratamento clínico e procedimentos estéticos, incluindo: MD Codes; Toxina Botulínica; Delta Lifting; MMP e Laser de CO2 Fracionado, dentre outros.

Se quiser saber mais sobre esse tratamento, marque uma consulta com o Dr Walter Pinheiro através dos nossos telefones (85) 3486-6056 / 99999-2934!

 

Deixe um comentário