A produção de colágeno no corpo é fundamental para manter não só a pele como também outras partes do organismo saudáveis e firmes.

Com o passar dos anos, a produção de colágeno em nosso corpo vai diminuindo e a degradação dele aumenta. Os sinais de envelhecimento começam a aparecer e se tornam cada vez mais nítidos. 

A partir dessa fase, que pode ser identificada por volta dos 30 anos, muitas pessoas, principalmente mulheres, buscam por produtos e tratamentos para estimular a produção de colágeno. Neste cenário, e diante da alta demanda na procura pela pele saudável e jovem, o Bioestimuladores são considerados essenciais para a manutenção da firmeza da pele.

Mas, afinal, o que é colágeno?

Basicamente, o colágeno é uma proteína presente em grande quantidade no corpo, ele responde a aproximadamente 30% das demais proteínas do organismo e diferente do que muitos pensam, se apresenta em diferentes áreas além da pele, como nos tendões, cartilagens, músculos, ossos e vasos sanguíneos. 

Importância para a pele

De acordo com os especialistas, a produção de colágeno em nosso corpo é essencial para manter as células firmes, tanto para a pele, unhas e cabelos quanto para os músculos, ligamentos, tendões e articulações. 

“A substância é produzida naturalmente pelo organismo, mas também pode ser encontrada em diversos alimentos, como carne e gelatina, ressalta o Dr. Walter Pinheiro.

Alimentação x Colágeno 

Para retardar a perda de colágeno no corpo, os especialistas recomendam o consumo de alguns alimentos que são ricos e podem ajudar a manter essa produção, como:

Frutas cítricas

Laranja, limão são ricas em vitamina C, uma substância muito importante para a formação das moléculas de colágeno. 

Frutas vermelhas

Morango, framboesa e amora, que também são ricas em vitamina C e ajudam na manutenção e reposição do colágeno. 

Peixes

São ricos em ômega-3 e atuam diretamente na produção de colágeno e pode ajudar a manter a pele mais firme e saudável. 

Leguminosas e frutas

Abóbora, cenoura, melão e pêssego, são ricos que Vitamina A e auxiliam na regeneração da pele. 

Veja também: como praticar o autocuidado no seu dia a dia 

Perda de colágeno na pele bioestimuladores

Sinais que indicam a perda de colágeno 

Abaixo, veja os sinais mais evidentes que indicam a perda de colágeno não só na pele, mas em outras regiões do corpo: 

  • Aumento da flacidez 
  • Perda da elasticidade
  • Surgimento de rugas e marcas de expressão
  • Estrias
  • Pele desidratada
  • Enfraquecimento das unhas
  • Enfraquecimento dos cabelos 

Possíveis causas da diminuição na produção de colágeno no corpo 

Existem vários fatores que podem causar a perda de colágeno no corpo, por isso, é necessário estar atento aos sinais. Além do envelhecimento natural, outros pontos podem influenciar nessa diminuição na produção de colágeno, tais como por exemplo:

Radiação solar

Poluição

Dietas restritivas

Ação dos radicais livres na pele

Falta de cuidados diários com a pele 

Quais os tratamentos para estimular a produção de colágeno

Como já citamos acima, os Bioestimuladores são substâncias que estimulam a produção de Colágeno no organismo; quando injetados, estimulam determinadas células a aumentar a produção de colágeno nas áreas onde são aplicadas.

Os Bioestimuladores de colágeno podem ser injetados não somente no rosto, como também em qualquer região do corpo aonde se deseje uma firmeza maior na área.

Clique aqui e veja mais sobre o Ácido Hialurônico

Dermatologista bioestimuladores

Vale lembrar que todo e qualquer procedimento estético deve ser feito por um especialista, que nesse caso, é o Dermatologista. Se tiver qualquer dúvida sobre sua pele ou como melhorar os cuidados com a beleza, procure-o para saber o tratamento mais indicado para você.

A produção de colágeno e a sua importância para a saúde do corpo

Em conclusão, podemos afirmar que o colágeno é uma substância de suma importância para manter o corpo saudável e firme. Mas não é só da pele que ele cuida.

A proteína também ajuda a manter a firmeza dos tendões, das articulações, dos ossos e até mesmo a saúde dos vasos sanguíneos. Por isso, é fundamental cuidar para que sua produção continue sendo realizada pelo organismo sem nenhuma complicação, principalmente após os 30 anos, que é a fase aonde há uma perda natural da proteína.

Em suma,

Caso ainda tenha alguma dúvida ou deseje saber mais sobre esse assunto, procure um Dermatologista, pois ele é o profissional mais habilitado para este procedimento.

Deixe um comentário