A Dermatologia estética é uma área de atuação muito rica em informações, e por este motivo, muitos mitos são difundidos. Conheça agora alguns deles!

Dermatologia estética

A dermatologia estética é um ramo que se concentra em proteger, manter e restaurar a saúde e a aparência da pele, dos cabelos e das unhas por meio de tratamentos médicos.

A pele, como qualquer outro órgão do corpo (ou qualquer outra cobertura protetora – como o estofamento de um sofá, por exemplo), sofre desgaste com o uso e o passar do tempo. As causas do desgaste podem ser divididas em intrínsecas ou extrínsecas.

O desgaste intrínseco é geneticamente pré programado e inevitável – ocorre em todos os órgãos do corpo com o passar do tempo. Os mecanismos genéticos para isso estão sendo ativamente estudados, mas o resultado final, seja nas articulações, no coração ou na pele, é que há menos células no órgão e elas realizam suas funções menos bem.

O desgaste extrínseco ocorre a partir de fatores externos. Não podemos proteger nossa pele de tudo que possa causar danos a ela, da mesma forma que é impossível proteger nosso corpo de tudo que possa causar danos a ela (açúcar, poluição etc).

Com isto dito, vamos conhecer os principais mitos sobre a dermatologia estética!

“Depois de usar a Toxina Botulínica, o rosto fica anormalmente rígido e as expressões faciais são limitadas.”

A Toxina Botulínica é um produto utilizado na medicina estética principalmente com o objetivo de reduzir as rugas faciais. No entanto, não resulta em uma redução visível das expressões faciais, muito menos paralisia facial!

Os efeitos de cada tratamento dependem da experiência do médico e da quantidade de ácido injetado. A experiência do especialista na área garante que a dosagem do produto seja adequada às necessidades do paciente.

Os efeitos da toxina botulínica desaparecem após cerca de 6 meses. Após este período, o tratamento pode ser repetido para manter os efeitos. A Toxina também é usado para o tratamento da hiperidrose e contrações musculares excessivas.

“O aumento dos lábios apresenta efeitos exagerados.”

Este é mais um mito, que também tem sua origem no uso excessivo da toxina botulínica. Na prática, o aumento dos lábios é um procedimento que ajusta a quantidade de preenchimento labial utilizada para cada paciente em particular.

Por estes motivos, o risco de obter lábios exagerados é insignificante, desde que a cirurgia seja realizada por um Dermatologista profissional e de confiança. Um procedimento de corretamente executado irá melhorar a aparência natural, firmeza e beleza dos lábios e possivelmente corrigir quaisquer assimetrias. O aumento dos lábios também reduz o aparecimento de rugas, dando o efeito de rejuvenescimento radiante.

“Os tratamentos são adequados apenas para as mulheres”

Cada vez mais homens estão aderindo aos tratamentos estéticos. Isso porque a própria sociedade está em mudança, e conceitos antigos, como os que adequam vaidade apenas às mulheres, estão caindo por terra.

Tratamentos profissionais podem efetivamente remover muitos dos problemas associados ao nosso corpo e aparência. A Medicina Estética não tem de ser invasiva – existe uma vasta gama de tratamentos não invasivos que têm períodos de recuperação sem dor.

Escolher a clínica certa é uma decisão fundamental, se você deseja que seu tratamento seja um sucesso. Equipe profissional, educada e experiente garantirá a satisfação total do paciente, evitando efeitos exagerados.

“O Peeling Químico não exige cuidados no pós procedimento”

O peeling consiste na aplicação de agentes químicos sobre a pele, para causar uma destruição controlada, seguida por uma regeneração das camadas superficiais do órgão.

Quem faz o peeling não pode estar com a pele bronzeada. Além disso, deverá aplicar o protetor solar a cada 3 horas para evitar a exposição ao sol, e utilizar muito creme hidratante para diminuir a descamação e acelerar o processo de renovação.

Estudos mostram que a cereja possui nutrientes importantes que ajudam a produzir a melatonina, o hormônio do sono, que possui atividade fotoprotetora.

“Alimentos não influenciam na cicatrização/recuperação pós tratamento”

Influenciam, sim. Dependendo do alimento consumido, especialmente no caso de frutos e demais vegetais, o processo pode ser muito mais rápido e saudável.

Por exemplo, frutas como o melão podem acelerar procedimentos estéticos. O Laser CO2 Fracionado, é um grande exemplo de tratamento estético beneficiado pelo alimento.

Já o preenchimento com a toxina botulínica, que é injetada nos músculos do rosto, pode ser beneficiada com o consumo de cenoura, tomate e vegetais ricos em carotenoides de maneira geral.

Em resumo

Existem muitos mitos elaborados com a finalidade de distorcer o entendimento sobre procedimentos estéticos, bem como crenças que são passadas por gerações. E é importante saber separar o que é verdade e o que é mentira, para extrair, assim, o máximo conhecimento possível sobre este assunto.

Quer entender melhor sobre os procedimentos estéticos? Marque uma consulta com o Dr Walter Pinheiro e tire suas dúvidas com um profissional renomado, especialista na sua área de atuação.

Deixe um comentário